sexta-feira, abril 27, 2007

Um Atalho para o Status Elite do programa de Milhagem da American: Será??

Vida de blogueiro desconhecido e que ainda teima em fazer suas análises - críticas mesmo, mas elogio também!- tendo como foco os interesses do consumidor não é fácil. Já escrevi algumas vezes das dificuldades em garimpar notícias através da assessoria de comunicação das cias aéreas. A United e a Air Canada me mandam os press releases e a OceanAir prometeu fazer o mesmo. Não é nenhum canal direto, mas ajuda. Nas demais continuo sendo ignorado.

Porque estou falando isso? Por que hoje tentei confirmar uma informação e apesar do esforço, não consegui! A CNN publicou
um artigo do Peter Vogel, que parece trabalhar na Budget Travel, no qual ele relata a existência de um programa pelo qual você poderia conseguir um status elite no Aadvantage (programa de milhagem da American) voando uma fração das milhas necessárias usualmente para atingi-los.

O programa chamaria-se 90-day Challenge, o qual a American não tem interesse em divulgar, e através dele você teria a chance de conseguir o status Gold voando apenas 5.000 milhas e o Platinum voando 10.000 milhas em 90 dias. Mas para isso você deve primeiro se inscrever no programa ligando para o atendimento do Aadvantage e já definindo sua meta: Gold ou Platinum. Não adianta nada escrever para Platinum e não conseguir as 10.000 milhas, pois você não irá receber o Gold se tiver feito mais de 5.000 milhas. Caso opte por se inscrever para Gold, não adianta fazer 10.000 que não ganha Platinum.

Tentei contato via site, mas não há 0800 ou 4000 no Brasil, só telefone de São Paulo. Para enviar um e-mail, deve-se ser associado ao Aadvantage. Optei por ir pessoalmente ao escritório do
representante da Americam em BH. Fui muito bem recebido, mas apesar de todos os esforços de quem lá me atendeu, não consegui confirmar nada. Olha que tentaram ligar para todos os setores. Saí de lá com a orientação de ligar para o jornalista responsável pela divulgação da American em São Paulo, mas sem seu e-mail....

Se for verdade, é uma boa para que viaja muito ao exterior. Se for algo voltado apenas ao consumidor americano, fazer o que, “nós é brazuca”!

Quem sabe o
Riq, o mestre guru e blogueiro respeitado, ou algum leitor consegue confirmar a informação?

Atualização: O leitor João Henrique confirma a existência do 90-day Challenge

"O Platinum Challenge realmente existe. Em novembro de 2005 fui para os Estados Unidos voando American Airlines e me inscrevi no desafio. Eu fiz a ligação dos Estados Unidos mesmo, assim que cheguei. No meu caso, consegui contar o vôo da ida no desafio (pois parece que eles começam a contar o tal período de 3 meses sempre em um dia específico do mês). Resultado: como fiz outros vôos em companhias parceiras da American Airlines durante a mesma viagem, quando voltei JÁ tinha completado as milhas do desafio e o vôo de volta JÁ contou com milhas em dobro. Meu status Platinum durou um ano e mesmo não tendo realizado viagens que me qualificassem para um status elite, eles me deram mais um ano de status Gold de cortesia. No final das contas, se o pessoal da American Airlines no Brasil não conseguir resolver o problema, é só ligar para o "toll free" da America Airlines ao chegar nos Estados Unidos. Mesmo assim, acho que vale a pena insistir com o pessoal aqui na central de reservas (0300-789-7778)"


Obrigado João Henrique! Se você também conseguiu usar o programa, deixe seu depoimento na caixa de comentários.

5 comentários:

Lena disse...

Rodrigo fala serio. Vc deve fazer isso profissionalmente, né não? :-)

Riq disse...

Rodrigo, a minha única fonte de notícias de aviação é você :-)

Eu só sei fuçar a internet...

Rodrigo Purisch disse...

Então, vamos esperar que um leitor nos dê essa resposta. Mistérios da American Airlines.

Lena, sou profissional no desejo, mas na vida real ainda amador!

Uma abraço

João Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Henrique disse...

O Platinum Challenge realmente existe. Em novembro de 2005 fui para os Estados Unidos voando American Airlines e me inscrevi no desafio. Eu fiz a ligação dos Estados Unidos mesmo, assim que cheguei. No meu caso, consegui contar o vôo da ida no desafio (pois parece que eles começam a contar o tal período de 3 meses sempre em um dia específico do mês). Resultado: como fiz outros vôos em companhias parceiras da American Airlines durante a mesma viagem, quando voltei JÁ tinha completado as milhas do desafio e o vôo de volta JÁ contou com milhas em dobro. Meu status Platinum durou um ano e mesmo não tendo realizado viagens que me qualificassem para um status elite, eles me deram mais um ano de status Gold de cortesia. No final das contas, se o pessoal da American Airlines no Brasil não conseguir resolver o problema, é só ligar para o "toll free" da America Airlines ao chegar nos Estados Unidos. Mesmo assim, acho que vale a pena insistir com o pessoal aqui na central de reservas (0300-789-7778).

sexta-feira, abril 27, 2007

Um Atalho para o Status Elite do programa de Milhagem da American: Será??

Vida de blogueiro desconhecido e que ainda teima em fazer suas análises - críticas mesmo, mas elogio também!- tendo como foco os interesses do consumidor não é fácil. Já escrevi algumas vezes das dificuldades em garimpar notícias através da assessoria de comunicação das cias aéreas. A United e a Air Canada me mandam os press releases e a OceanAir prometeu fazer o mesmo. Não é nenhum canal direto, mas ajuda. Nas demais continuo sendo ignorado.

Porque estou falando isso? Por que hoje tentei confirmar uma informação e apesar do esforço, não consegui! A CNN publicou
um artigo do Peter Vogel, que parece trabalhar na Budget Travel, no qual ele relata a existência de um programa pelo qual você poderia conseguir um status elite no Aadvantage (programa de milhagem da American) voando uma fração das milhas necessárias usualmente para atingi-los.

O programa chamaria-se 90-day Challenge, o qual a American não tem interesse em divulgar, e através dele você teria a chance de conseguir o status Gold voando apenas 5.000 milhas e o Platinum voando 10.000 milhas em 90 dias. Mas para isso você deve primeiro se inscrever no programa ligando para o atendimento do Aadvantage e já definindo sua meta: Gold ou Platinum. Não adianta nada escrever para Platinum e não conseguir as 10.000 milhas, pois você não irá receber o Gold se tiver feito mais de 5.000 milhas. Caso opte por se inscrever para Gold, não adianta fazer 10.000 que não ganha Platinum.

Tentei contato via site, mas não há 0800 ou 4000 no Brasil, só telefone de São Paulo. Para enviar um e-mail, deve-se ser associado ao Aadvantage. Optei por ir pessoalmente ao escritório do
representante da Americam em BH. Fui muito bem recebido, mas apesar de todos os esforços de quem lá me atendeu, não consegui confirmar nada. Olha que tentaram ligar para todos os setores. Saí de lá com a orientação de ligar para o jornalista responsável pela divulgação da American em São Paulo, mas sem seu e-mail....

Se for verdade, é uma boa para que viaja muito ao exterior. Se for algo voltado apenas ao consumidor americano, fazer o que, “nós é brazuca”!

Quem sabe o
Riq, o mestre guru e blogueiro respeitado, ou algum leitor consegue confirmar a informação?

Atualização: O leitor João Henrique confirma a existência do 90-day Challenge

"O Platinum Challenge realmente existe. Em novembro de 2005 fui para os Estados Unidos voando American Airlines e me inscrevi no desafio. Eu fiz a ligação dos Estados Unidos mesmo, assim que cheguei. No meu caso, consegui contar o vôo da ida no desafio (pois parece que eles começam a contar o tal período de 3 meses sempre em um dia específico do mês). Resultado: como fiz outros vôos em companhias parceiras da American Airlines durante a mesma viagem, quando voltei JÁ tinha completado as milhas do desafio e o vôo de volta JÁ contou com milhas em dobro. Meu status Platinum durou um ano e mesmo não tendo realizado viagens que me qualificassem para um status elite, eles me deram mais um ano de status Gold de cortesia. No final das contas, se o pessoal da American Airlines no Brasil não conseguir resolver o problema, é só ligar para o "toll free" da America Airlines ao chegar nos Estados Unidos. Mesmo assim, acho que vale a pena insistir com o pessoal aqui na central de reservas (0300-789-7778)"


Obrigado João Henrique! Se você também conseguiu usar o programa, deixe seu depoimento na caixa de comentários.

5 comentários:

Lena disse...

Rodrigo fala serio. Vc deve fazer isso profissionalmente, né não? :-)

Riq disse...

Rodrigo, a minha única fonte de notícias de aviação é você :-)

Eu só sei fuçar a internet...

Rodrigo Purisch disse...

Então, vamos esperar que um leitor nos dê essa resposta. Mistérios da American Airlines.

Lena, sou profissional no desejo, mas na vida real ainda amador!

Uma abraço

João Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Henrique disse...

O Platinum Challenge realmente existe. Em novembro de 2005 fui para os Estados Unidos voando American Airlines e me inscrevi no desafio. Eu fiz a ligação dos Estados Unidos mesmo, assim que cheguei. No meu caso, consegui contar o vôo da ida no desafio (pois parece que eles começam a contar o tal período de 3 meses sempre em um dia específico do mês). Resultado: como fiz outros vôos em companhias parceiras da American Airlines durante a mesma viagem, quando voltei JÁ tinha completado as milhas do desafio e o vôo de volta JÁ contou com milhas em dobro. Meu status Platinum durou um ano e mesmo não tendo realizado viagens que me qualificassem para um status elite, eles me deram mais um ano de status Gold de cortesia. No final das contas, se o pessoal da American Airlines no Brasil não conseguir resolver o problema, é só ligar para o "toll free" da America Airlines ao chegar nos Estados Unidos. Mesmo assim, acho que vale a pena insistir com o pessoal aqui na central de reservas (0300-789-7778).

sexta-feira, abril 27, 2007

Um Atalho para o Status Elite do programa de Milhagem da American: Será??

Vida de blogueiro desconhecido e que ainda teima em fazer suas análises - críticas mesmo, mas elogio também!- tendo como foco os interesses do consumidor não é fácil. Já escrevi algumas vezes das dificuldades em garimpar notícias através da assessoria de comunicação das cias aéreas. A United e a Air Canada me mandam os press releases e a OceanAir prometeu fazer o mesmo. Não é nenhum canal direto, mas ajuda. Nas demais continuo sendo ignorado.

Porque estou falando isso? Por que hoje tentei confirmar uma informação e apesar do esforço, não consegui! A CNN publicou
um artigo do Peter Vogel, que parece trabalhar na Budget Travel, no qual ele relata a existência de um programa pelo qual você poderia conseguir um status elite no Aadvantage (programa de milhagem da American) voando uma fração das milhas necessárias usualmente para atingi-los.

O programa chamaria-se 90-day Challenge, o qual a American não tem interesse em divulgar, e através dele você teria a chance de conseguir o status Gold voando apenas 5.000 milhas e o Platinum voando 10.000 milhas em 90 dias. Mas para isso você deve primeiro se inscrever no programa ligando para o atendimento do Aadvantage e já definindo sua meta: Gold ou Platinum. Não adianta nada escrever para Platinum e não conseguir as 10.000 milhas, pois você não irá receber o Gold se tiver feito mais de 5.000 milhas. Caso opte por se inscrever para Gold, não adianta fazer 10.000 que não ganha Platinum.

Tentei contato via site, mas não há 0800 ou 4000 no Brasil, só telefone de São Paulo. Para enviar um e-mail, deve-se ser associado ao Aadvantage. Optei por ir pessoalmente ao escritório do
representante da Americam em BH. Fui muito bem recebido, mas apesar de todos os esforços de quem lá me atendeu, não consegui confirmar nada. Olha que tentaram ligar para todos os setores. Saí de lá com a orientação de ligar para o jornalista responsável pela divulgação da American em São Paulo, mas sem seu e-mail....

Se for verdade, é uma boa para que viaja muito ao exterior. Se for algo voltado apenas ao consumidor americano, fazer o que, “nós é brazuca”!

Quem sabe o
Riq, o mestre guru e blogueiro respeitado, ou algum leitor consegue confirmar a informação?

Atualização: O leitor João Henrique confirma a existência do 90-day Challenge

"O Platinum Challenge realmente existe. Em novembro de 2005 fui para os Estados Unidos voando American Airlines e me inscrevi no desafio. Eu fiz a ligação dos Estados Unidos mesmo, assim que cheguei. No meu caso, consegui contar o vôo da ida no desafio (pois parece que eles começam a contar o tal período de 3 meses sempre em um dia específico do mês). Resultado: como fiz outros vôos em companhias parceiras da American Airlines durante a mesma viagem, quando voltei JÁ tinha completado as milhas do desafio e o vôo de volta JÁ contou com milhas em dobro. Meu status Platinum durou um ano e mesmo não tendo realizado viagens que me qualificassem para um status elite, eles me deram mais um ano de status Gold de cortesia. No final das contas, se o pessoal da American Airlines no Brasil não conseguir resolver o problema, é só ligar para o "toll free" da America Airlines ao chegar nos Estados Unidos. Mesmo assim, acho que vale a pena insistir com o pessoal aqui na central de reservas (0300-789-7778)"


Obrigado João Henrique! Se você também conseguiu usar o programa, deixe seu depoimento na caixa de comentários.

5 comentários:

Lena disse...

Rodrigo fala serio. Vc deve fazer isso profissionalmente, né não? :-)

Riq disse...

Rodrigo, a minha única fonte de notícias de aviação é você :-)

Eu só sei fuçar a internet...

Rodrigo Purisch disse...

Então, vamos esperar que um leitor nos dê essa resposta. Mistérios da American Airlines.

Lena, sou profissional no desejo, mas na vida real ainda amador!

Uma abraço

João Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Henrique disse...

O Platinum Challenge realmente existe. Em novembro de 2005 fui para os Estados Unidos voando American Airlines e me inscrevi no desafio. Eu fiz a ligação dos Estados Unidos mesmo, assim que cheguei. No meu caso, consegui contar o vôo da ida no desafio (pois parece que eles começam a contar o tal período de 3 meses sempre em um dia específico do mês). Resultado: como fiz outros vôos em companhias parceiras da American Airlines durante a mesma viagem, quando voltei JÁ tinha completado as milhas do desafio e o vôo de volta JÁ contou com milhas em dobro. Meu status Platinum durou um ano e mesmo não tendo realizado viagens que me qualificassem para um status elite, eles me deram mais um ano de status Gold de cortesia. No final das contas, se o pessoal da American Airlines no Brasil não conseguir resolver o problema, é só ligar para o "toll free" da America Airlines ao chegar nos Estados Unidos. Mesmo assim, acho que vale a pena insistir com o pessoal aqui na central de reservas (0300-789-7778).