sábado, setembro 20, 2008

Se Fosse no Brasil...

Várias cias pelo mundo, entre elas a Singapore e a Air France, anunciaram que vão reduzir a sobretaxa de combustível em virtude das recentes quedas no preço do petróleo. Não dá para se animar ainda, mas já alivia uns trocados. O interessante é notar que em alguns lugares do mundo, taxas provisórias são realmente provisórias e deixam de existir quando a causa não mais justifica sua existência. Por isso esses valores não foram incluídos no preço da passagem.

Mas em um certo país muito conhecido da gente, as coisas não ocorreriam assim. Um dia conto da história de uma taxa que pagamos embutida na taxa de embarque (que dobrou o valor da mesma) e que foi criada para equipar os aeroportos de uma forma emergencial. Pelo visto a emergência continua....

4 comentários:

Oldemar disse...

Ser brasileiro: às vezes ORGULHO, às vezes TRISTEZA...

Mirella disse...

Eu queria que a Air Canada fizesse o mesmo... pagamos uma taxa super alta pelo combustivel para o voo que faremos em dezembro... a pergunta é: Será que eles devolveriam o dinheiro se a viagem ainda não aconteceu?

FILIGRANA disse...

Uma tal cobrança provisória CPMF se perpetuou por aqui ;)
Aqui os preços não descemm só aumentam, dolar diminui os preços não diminuem ....

Rodrigo Purisch disse...

Oldemar,

temos que nos orgulhar dos contribuintes que pagam tudo e recebem muito pouco e ao mesmo tempo nos envergonar deles, já que aceitam esse pouco que lhe é oferecido sem reclamar (nem que seja por meio do voto..).


Mirella,

A Air Canada até que reduziu suas taxas de despacho de babagem. Acho que se continuar caindo, ela deve reduzir a sobretaxa também. Mas acho que devolver, eles não devolvem. Do mesmo jeito não cobram um extra se a taxa subiu após a compra.

Majô,

O lema aqui é subri sempre que for possível. Retroceder jamais!

Um abraço

sábado, setembro 20, 2008

Se Fosse no Brasil...

Várias cias pelo mundo, entre elas a Singapore e a Air France, anunciaram que vão reduzir a sobretaxa de combustível em virtude das recentes quedas no preço do petróleo. Não dá para se animar ainda, mas já alivia uns trocados. O interessante é notar que em alguns lugares do mundo, taxas provisórias são realmente provisórias e deixam de existir quando a causa não mais justifica sua existência. Por isso esses valores não foram incluídos no preço da passagem.

Mas em um certo país muito conhecido da gente, as coisas não ocorreriam assim. Um dia conto da história de uma taxa que pagamos embutida na taxa de embarque (que dobrou o valor da mesma) e que foi criada para equipar os aeroportos de uma forma emergencial. Pelo visto a emergência continua....

4 comentários:

Oldemar disse...

Ser brasileiro: às vezes ORGULHO, às vezes TRISTEZA...

Mirella disse...

Eu queria que a Air Canada fizesse o mesmo... pagamos uma taxa super alta pelo combustivel para o voo que faremos em dezembro... a pergunta é: Será que eles devolveriam o dinheiro se a viagem ainda não aconteceu?

FILIGRANA disse...

Uma tal cobrança provisória CPMF se perpetuou por aqui ;)
Aqui os preços não descemm só aumentam, dolar diminui os preços não diminuem ....

Rodrigo Purisch disse...

Oldemar,

temos que nos orgulhar dos contribuintes que pagam tudo e recebem muito pouco e ao mesmo tempo nos envergonar deles, já que aceitam esse pouco que lhe é oferecido sem reclamar (nem que seja por meio do voto..).


Mirella,

A Air Canada até que reduziu suas taxas de despacho de babagem. Acho que se continuar caindo, ela deve reduzir a sobretaxa também. Mas acho que devolver, eles não devolvem. Do mesmo jeito não cobram um extra se a taxa subiu após a compra.

Majô,

O lema aqui é subri sempre que for possível. Retroceder jamais!

Um abraço

sábado, setembro 20, 2008

Se Fosse no Brasil...

Várias cias pelo mundo, entre elas a Singapore e a Air France, anunciaram que vão reduzir a sobretaxa de combustível em virtude das recentes quedas no preço do petróleo. Não dá para se animar ainda, mas já alivia uns trocados. O interessante é notar que em alguns lugares do mundo, taxas provisórias são realmente provisórias e deixam de existir quando a causa não mais justifica sua existência. Por isso esses valores não foram incluídos no preço da passagem.

Mas em um certo país muito conhecido da gente, as coisas não ocorreriam assim. Um dia conto da história de uma taxa que pagamos embutida na taxa de embarque (que dobrou o valor da mesma) e que foi criada para equipar os aeroportos de uma forma emergencial. Pelo visto a emergência continua....

4 comentários:

Oldemar disse...

Ser brasileiro: às vezes ORGULHO, às vezes TRISTEZA...

Mirella disse...

Eu queria que a Air Canada fizesse o mesmo... pagamos uma taxa super alta pelo combustivel para o voo que faremos em dezembro... a pergunta é: Será que eles devolveriam o dinheiro se a viagem ainda não aconteceu?

FILIGRANA disse...

Uma tal cobrança provisória CPMF se perpetuou por aqui ;)
Aqui os preços não descemm só aumentam, dolar diminui os preços não diminuem ....

Rodrigo Purisch disse...

Oldemar,

temos que nos orgulhar dos contribuintes que pagam tudo e recebem muito pouco e ao mesmo tempo nos envergonar deles, já que aceitam esse pouco que lhe é oferecido sem reclamar (nem que seja por meio do voto..).


Mirella,

A Air Canada até que reduziu suas taxas de despacho de babagem. Acho que se continuar caindo, ela deve reduzir a sobretaxa também. Mas acho que devolver, eles não devolvem. Do mesmo jeito não cobram um extra se a taxa subiu após a compra.

Majô,

O lema aqui é subri sempre que for possível. Retroceder jamais!

Um abraço