sexta-feira, março 02, 2007

Malas e Aeroportos: Fique atento.

Um vídeo criado por uma cia que vende produtos relacionados a proteção de bagagens revela como é fácil abrir uma mala com zíper sem violar o cadeado da mesma usando uma caneta ou lápis. O resto do vídeo merece ser desconsiderado, já que apela emocionalmente a fim de tocar no medo americano de terrorismo para vender seu produto.

Realmente a marginalidade está um passo na nossa frente...

Nos últimos anos tenho usado lacres (abraçadeiras) plásticas, optando por cores fluorescentes. Essa escolha se deve ao fato de que a alfândega americana gosta de abrir minhas malas, dessa forma não perco o cadeado que seria arrombado por essas autoridades, além de "facilmente" identificar se minha mala foi violada, já que esses lacres coloridos não são muito comuns ainda. Daqui para frente vou colocar um outro ligando a alça da mala ao lacre que une os fechos...

De resto ficam os conselhos:


Nunca coloque objetos de valor na mala despachada. Opte por carregar na sua bagagem de mão.

Se for fazer um vôo de conexão e tiver que fazer novo check in, retire todas as etiquetas que possam demonstrar de onde vieram as malas. Isso reduz o risco de confusão no manuseio das malas e o olho gordo em cima de malas provenientes do exterior ou de vôos de longa duração.

Quando for pegar sua mala na esteira, perca alguns minutos verificando o estado da mesma, pois reclamações quanto a danos e furtos só serão aceitas antes de sair da sala de desembarque. Detectado alguma anormalidade procure informações com os funcionários da sua cia aérea já na aérea restrita aos passageiros do setor de desembarque.

Atenção, pois alguns cartões de crédito, caso a passagem seja comprada através deles, possuem seguros cobrindo a perda, furto e danos nas bagagens.

10 comentários:

Malu disse...

Rodrigo, adoro o seu blog e já o indiquei a várias pessoas. Vc comprou essas braçadeiras aqui no Brasil?Vou para NY em Abril e gostaria de colocar na minha mala.Um abraço e parabéns pelo seu trabalho aqui no blog e pelos comentários lá no do Riq. Sempre aprendo alguma coisa com vc.Malu

Rodrigo disse...

Malu,

Obrigado.

Você encontra esses lacres em lojas de material elétrico ou de bricolagem (Peque e Pague, Lery, tc)

MALU disse...

Valeu Rodrigo, super obrigada

Dumpa disse...

Muito bom o seu blog. Malu, eu comprei esses dias na Leroy Merlin. São pacotes de 30 unidades normalmente.

Rodrigo disse...

Esqueci de citar: Não esqueçam de levar algo na mala de mão para abrir o lacre quando chegar no destino! Pode ser um cortador de unha velho. Esse lacre é muito difícil de abrir sem usar uma ferramenta cortante.

ana carolina disse...

Oi, Rodrigo

Como levar ferramenta cortante na mala de mão se eles confiscam até tesourinha escolar?
A dica da Sylvia lá no vnv de embrulhar em papel alumínio funciona?
Vou pra Buenos Aires no mês que vem e já faz um tempo que ouço falar da loucura que está em Ezeiza.
Obrigada

(ah, eu também sou leitora assídua e normalmente silenciosa do seu blog)

mo gribel disse...

Os lacres das cias aéreas normalmente se rompem torcendo eles. Isso dispensa levar a tesoura...
Tb é possível pedir na hora do outro check in...

Rodrigo Purisch disse...

Ana,
Não sou muito a favor desses truques. Se você for pego nos EUA fazendo um desses deve dar um trabalhão.

Obrigado pelas visitas

Mô,
Lacre bom e apertado não rompe fácil não.

Sugestão.
Cotador de unha paraguaio (tipo nailclip e sem aquela lixa ponteaguda). Barato, não oferece perigo e funciona. Normalmente coloco em um bolso da própria mala.

A função do lacre não é impedir o furto. Mais desistimular e sinalizar que o mesmo ocorreu, de forma que você possa acionar a cia áerea e o seguro (cartão de crédito ou Seguro saúde).

Dou preferencia aos coloridos (difíceis de encontrar pelo larápio).

ana carolina disse...

Obrigada!
Vou atrás dos lacres coloridos!

Anônimo disse...

E quanto a plastificar a mala no aeroporto. Em cumbica é possivel e não é tão caro assim.
Já vi pessoas, envolver as malas com magipac, funciona também.

sexta-feira, março 02, 2007

Malas e Aeroportos: Fique atento.

Um vídeo criado por uma cia que vende produtos relacionados a proteção de bagagens revela como é fácil abrir uma mala com zíper sem violar o cadeado da mesma usando uma caneta ou lápis. O resto do vídeo merece ser desconsiderado, já que apela emocionalmente a fim de tocar no medo americano de terrorismo para vender seu produto.

Realmente a marginalidade está um passo na nossa frente...

Nos últimos anos tenho usado lacres (abraçadeiras) plásticas, optando por cores fluorescentes. Essa escolha se deve ao fato de que a alfândega americana gosta de abrir minhas malas, dessa forma não perco o cadeado que seria arrombado por essas autoridades, além de "facilmente" identificar se minha mala foi violada, já que esses lacres coloridos não são muito comuns ainda. Daqui para frente vou colocar um outro ligando a alça da mala ao lacre que une os fechos...

De resto ficam os conselhos:


Nunca coloque objetos de valor na mala despachada. Opte por carregar na sua bagagem de mão.

Se for fazer um vôo de conexão e tiver que fazer novo check in, retire todas as etiquetas que possam demonstrar de onde vieram as malas. Isso reduz o risco de confusão no manuseio das malas e o olho gordo em cima de malas provenientes do exterior ou de vôos de longa duração.

Quando for pegar sua mala na esteira, perca alguns minutos verificando o estado da mesma, pois reclamações quanto a danos e furtos só serão aceitas antes de sair da sala de desembarque. Detectado alguma anormalidade procure informações com os funcionários da sua cia aérea já na aérea restrita aos passageiros do setor de desembarque.

Atenção, pois alguns cartões de crédito, caso a passagem seja comprada através deles, possuem seguros cobrindo a perda, furto e danos nas bagagens.

10 comentários:

Malu disse...

Rodrigo, adoro o seu blog e já o indiquei a várias pessoas. Vc comprou essas braçadeiras aqui no Brasil?Vou para NY em Abril e gostaria de colocar na minha mala.Um abraço e parabéns pelo seu trabalho aqui no blog e pelos comentários lá no do Riq. Sempre aprendo alguma coisa com vc.Malu

Rodrigo disse...

Malu,

Obrigado.

Você encontra esses lacres em lojas de material elétrico ou de bricolagem (Peque e Pague, Lery, tc)

MALU disse...

Valeu Rodrigo, super obrigada

Dumpa disse...

Muito bom o seu blog. Malu, eu comprei esses dias na Leroy Merlin. São pacotes de 30 unidades normalmente.

Rodrigo disse...

Esqueci de citar: Não esqueçam de levar algo na mala de mão para abrir o lacre quando chegar no destino! Pode ser um cortador de unha velho. Esse lacre é muito difícil de abrir sem usar uma ferramenta cortante.

ana carolina disse...

Oi, Rodrigo

Como levar ferramenta cortante na mala de mão se eles confiscam até tesourinha escolar?
A dica da Sylvia lá no vnv de embrulhar em papel alumínio funciona?
Vou pra Buenos Aires no mês que vem e já faz um tempo que ouço falar da loucura que está em Ezeiza.
Obrigada

(ah, eu também sou leitora assídua e normalmente silenciosa do seu blog)

mo gribel disse...

Os lacres das cias aéreas normalmente se rompem torcendo eles. Isso dispensa levar a tesoura...
Tb é possível pedir na hora do outro check in...

Rodrigo Purisch disse...

Ana,
Não sou muito a favor desses truques. Se você for pego nos EUA fazendo um desses deve dar um trabalhão.

Obrigado pelas visitas

Mô,
Lacre bom e apertado não rompe fácil não.

Sugestão.
Cotador de unha paraguaio (tipo nailclip e sem aquela lixa ponteaguda). Barato, não oferece perigo e funciona. Normalmente coloco em um bolso da própria mala.

A função do lacre não é impedir o furto. Mais desistimular e sinalizar que o mesmo ocorreu, de forma que você possa acionar a cia áerea e o seguro (cartão de crédito ou Seguro saúde).

Dou preferencia aos coloridos (difíceis de encontrar pelo larápio).

ana carolina disse...

Obrigada!
Vou atrás dos lacres coloridos!

Anônimo disse...

E quanto a plastificar a mala no aeroporto. Em cumbica é possivel e não é tão caro assim.
Já vi pessoas, envolver as malas com magipac, funciona também.

sexta-feira, março 02, 2007

Malas e Aeroportos: Fique atento.

Um vídeo criado por uma cia que vende produtos relacionados a proteção de bagagens revela como é fácil abrir uma mala com zíper sem violar o cadeado da mesma usando uma caneta ou lápis. O resto do vídeo merece ser desconsiderado, já que apela emocionalmente a fim de tocar no medo americano de terrorismo para vender seu produto.

Realmente a marginalidade está um passo na nossa frente...

Nos últimos anos tenho usado lacres (abraçadeiras) plásticas, optando por cores fluorescentes. Essa escolha se deve ao fato de que a alfândega americana gosta de abrir minhas malas, dessa forma não perco o cadeado que seria arrombado por essas autoridades, além de "facilmente" identificar se minha mala foi violada, já que esses lacres coloridos não são muito comuns ainda. Daqui para frente vou colocar um outro ligando a alça da mala ao lacre que une os fechos...

De resto ficam os conselhos:


Nunca coloque objetos de valor na mala despachada. Opte por carregar na sua bagagem de mão.

Se for fazer um vôo de conexão e tiver que fazer novo check in, retire todas as etiquetas que possam demonstrar de onde vieram as malas. Isso reduz o risco de confusão no manuseio das malas e o olho gordo em cima de malas provenientes do exterior ou de vôos de longa duração.

Quando for pegar sua mala na esteira, perca alguns minutos verificando o estado da mesma, pois reclamações quanto a danos e furtos só serão aceitas antes de sair da sala de desembarque. Detectado alguma anormalidade procure informações com os funcionários da sua cia aérea já na aérea restrita aos passageiros do setor de desembarque.

Atenção, pois alguns cartões de crédito, caso a passagem seja comprada através deles, possuem seguros cobrindo a perda, furto e danos nas bagagens.

10 comentários:

Malu disse...

Rodrigo, adoro o seu blog e já o indiquei a várias pessoas. Vc comprou essas braçadeiras aqui no Brasil?Vou para NY em Abril e gostaria de colocar na minha mala.Um abraço e parabéns pelo seu trabalho aqui no blog e pelos comentários lá no do Riq. Sempre aprendo alguma coisa com vc.Malu

Rodrigo disse...

Malu,

Obrigado.

Você encontra esses lacres em lojas de material elétrico ou de bricolagem (Peque e Pague, Lery, tc)

MALU disse...

Valeu Rodrigo, super obrigada

Dumpa disse...

Muito bom o seu blog. Malu, eu comprei esses dias na Leroy Merlin. São pacotes de 30 unidades normalmente.

Rodrigo disse...

Esqueci de citar: Não esqueçam de levar algo na mala de mão para abrir o lacre quando chegar no destino! Pode ser um cortador de unha velho. Esse lacre é muito difícil de abrir sem usar uma ferramenta cortante.

ana carolina disse...

Oi, Rodrigo

Como levar ferramenta cortante na mala de mão se eles confiscam até tesourinha escolar?
A dica da Sylvia lá no vnv de embrulhar em papel alumínio funciona?
Vou pra Buenos Aires no mês que vem e já faz um tempo que ouço falar da loucura que está em Ezeiza.
Obrigada

(ah, eu também sou leitora assídua e normalmente silenciosa do seu blog)

mo gribel disse...

Os lacres das cias aéreas normalmente se rompem torcendo eles. Isso dispensa levar a tesoura...
Tb é possível pedir na hora do outro check in...

Rodrigo Purisch disse...

Ana,
Não sou muito a favor desses truques. Se você for pego nos EUA fazendo um desses deve dar um trabalhão.

Obrigado pelas visitas

Mô,
Lacre bom e apertado não rompe fácil não.

Sugestão.
Cotador de unha paraguaio (tipo nailclip e sem aquela lixa ponteaguda). Barato, não oferece perigo e funciona. Normalmente coloco em um bolso da própria mala.

A função do lacre não é impedir o furto. Mais desistimular e sinalizar que o mesmo ocorreu, de forma que você possa acionar a cia áerea e o seguro (cartão de crédito ou Seguro saúde).

Dou preferencia aos coloridos (difíceis de encontrar pelo larápio).

ana carolina disse...

Obrigada!
Vou atrás dos lacres coloridos!

Anônimo disse...

E quanto a plastificar a mala no aeroporto. Em cumbica é possivel e não é tão caro assim.
Já vi pessoas, envolver as malas com magipac, funciona também.