sábado, julho 26, 2008

ANAC: Autorizado Code Shares Varig/GOL, Varig/Air Europa e TAM/Lufhtansa

Antes de tudo, vamos esclarecer o que é code share ou em bom português, código compartilhado. Vôo em code share é quando uma cia “A” faz acordo com a cia “B” que opera uma determinada rota de forma a reservar uma cota x de assentos em determinados vôos da cia “B” e assim passar a vendê-los como seus. Ou seja quando você compra uma passagem naquele vôo em code share na cia “A”, apesar de ter um número de vôo da cia “A”, o vôo vai ser executado por uma aeronave e por tripulação da cia “B” que originariamente opera a rota. Mas para que realizar vôos em code share? Se uma cia quer expandir os destinos por ela disponibilizados a seus consumidores e não tem interesse em operar com equipamento próprio essa mesma rota, o code share passa a ser uma opção.

A ANAC liberou então os vôos em code share entre a Varig e a Gol, ou seja, a Varig ou a GOL podem se utilizar da outra cia para alimentar com passageiros seus vôos e também distribuí-los. Uma boa para a Varig que aumenta o número de destinos atingidos já que a Gol opera um número muito maior de destinos nacionais que a Varig.

A Varig que não mais opera vôos para Madri, a partir dessa decisão, poderá vender assentos, como se seus fossem, nos vôos da Air Europa que partem de Salvador e essa poderá distribuir seus passageiros para outros destinos operados pela Varig.

O mesmo raciocínio aplica-se ao acordo entre a TAM e Lufthansa, que apesar de já ter iniciado nos programas de fidelidade, só agora atingirá os vôos a partir dessa autorização.

São boas notícias para os consumidores dessas cias aéreas.

2 comentários:

Cesar disse...

Rodrigo,

a milhagem do Smiles poderá ser utilizada nestes vôos (GOL, Air Europa e Lufthansa) ?

Rodrigo Purisch disse...

César,

Cuidado para não misturar as coisas.

O que foi liberado é a operação de vôos em código compartilhado.

O Smiles é um programa e tem regras próprias para usos de milhagem. Se os vôos de code share entre a Gol/Varig e Varig/Air Europa vierem a ser implantados (depende da vontade da cia aérea), pode ser que os Smiles permita o uso de milhas nesses vôos.

Agora a Lufhtansa não tem nada a ver com a varig ou Smiles. No Fidelidade já possivel emitir vôos na Lufthansa.

um abraço

sábado, julho 26, 2008

ANAC: Autorizado Code Shares Varig/GOL, Varig/Air Europa e TAM/Lufhtansa

Antes de tudo, vamos esclarecer o que é code share ou em bom português, código compartilhado. Vôo em code share é quando uma cia “A” faz acordo com a cia “B” que opera uma determinada rota de forma a reservar uma cota x de assentos em determinados vôos da cia “B” e assim passar a vendê-los como seus. Ou seja quando você compra uma passagem naquele vôo em code share na cia “A”, apesar de ter um número de vôo da cia “A”, o vôo vai ser executado por uma aeronave e por tripulação da cia “B” que originariamente opera a rota. Mas para que realizar vôos em code share? Se uma cia quer expandir os destinos por ela disponibilizados a seus consumidores e não tem interesse em operar com equipamento próprio essa mesma rota, o code share passa a ser uma opção.

A ANAC liberou então os vôos em code share entre a Varig e a Gol, ou seja, a Varig ou a GOL podem se utilizar da outra cia para alimentar com passageiros seus vôos e também distribuí-los. Uma boa para a Varig que aumenta o número de destinos atingidos já que a Gol opera um número muito maior de destinos nacionais que a Varig.

A Varig que não mais opera vôos para Madri, a partir dessa decisão, poderá vender assentos, como se seus fossem, nos vôos da Air Europa que partem de Salvador e essa poderá distribuir seus passageiros para outros destinos operados pela Varig.

O mesmo raciocínio aplica-se ao acordo entre a TAM e Lufthansa, que apesar de já ter iniciado nos programas de fidelidade, só agora atingirá os vôos a partir dessa autorização.

São boas notícias para os consumidores dessas cias aéreas.

2 comentários:

Cesar disse...

Rodrigo,

a milhagem do Smiles poderá ser utilizada nestes vôos (GOL, Air Europa e Lufthansa) ?

Rodrigo Purisch disse...

César,

Cuidado para não misturar as coisas.

O que foi liberado é a operação de vôos em código compartilhado.

O Smiles é um programa e tem regras próprias para usos de milhagem. Se os vôos de code share entre a Gol/Varig e Varig/Air Europa vierem a ser implantados (depende da vontade da cia aérea), pode ser que os Smiles permita o uso de milhas nesses vôos.

Agora a Lufhtansa não tem nada a ver com a varig ou Smiles. No Fidelidade já possivel emitir vôos na Lufthansa.

um abraço

sábado, julho 26, 2008

ANAC: Autorizado Code Shares Varig/GOL, Varig/Air Europa e TAM/Lufhtansa

Antes de tudo, vamos esclarecer o que é code share ou em bom português, código compartilhado. Vôo em code share é quando uma cia “A” faz acordo com a cia “B” que opera uma determinada rota de forma a reservar uma cota x de assentos em determinados vôos da cia “B” e assim passar a vendê-los como seus. Ou seja quando você compra uma passagem naquele vôo em code share na cia “A”, apesar de ter um número de vôo da cia “A”, o vôo vai ser executado por uma aeronave e por tripulação da cia “B” que originariamente opera a rota. Mas para que realizar vôos em code share? Se uma cia quer expandir os destinos por ela disponibilizados a seus consumidores e não tem interesse em operar com equipamento próprio essa mesma rota, o code share passa a ser uma opção.

A ANAC liberou então os vôos em code share entre a Varig e a Gol, ou seja, a Varig ou a GOL podem se utilizar da outra cia para alimentar com passageiros seus vôos e também distribuí-los. Uma boa para a Varig que aumenta o número de destinos atingidos já que a Gol opera um número muito maior de destinos nacionais que a Varig.

A Varig que não mais opera vôos para Madri, a partir dessa decisão, poderá vender assentos, como se seus fossem, nos vôos da Air Europa que partem de Salvador e essa poderá distribuir seus passageiros para outros destinos operados pela Varig.

O mesmo raciocínio aplica-se ao acordo entre a TAM e Lufthansa, que apesar de já ter iniciado nos programas de fidelidade, só agora atingirá os vôos a partir dessa autorização.

São boas notícias para os consumidores dessas cias aéreas.

2 comentários:

Cesar disse...

Rodrigo,

a milhagem do Smiles poderá ser utilizada nestes vôos (GOL, Air Europa e Lufthansa) ?

Rodrigo Purisch disse...

César,

Cuidado para não misturar as coisas.

O que foi liberado é a operação de vôos em código compartilhado.

O Smiles é um programa e tem regras próprias para usos de milhagem. Se os vôos de code share entre a Gol/Varig e Varig/Air Europa vierem a ser implantados (depende da vontade da cia aérea), pode ser que os Smiles permita o uso de milhas nesses vôos.

Agora a Lufhtansa não tem nada a ver com a varig ou Smiles. No Fidelidade já possivel emitir vôos na Lufthansa.

um abraço