quinta-feira, janeiro 24, 2008

Ryanair: Novo Aumento nas Taxas Cobradas por Bagagem Despachada e Check In


A Ryanair, que não para de dar lucro, continua com sua política de aumento de preços das taxas cobradas pelas malas despachadas e pelo check in realizado no aeroporto. O interessante é que a cia aérea faz isso de forma clara ao consumidor e abertamente informa que os aumentos continuarão ocorrendo até que cerca de 50% dos passageiros passem a voar apenas com bagagem de mão e assim realizem apenas o check in on-line no site da cia aérea. Com isso, ela alega que poderá reduzir o custo de aluguel dos balcões nos aeroportos e de mão de obra para realização de check in e despacho de malas.

Pode até ser uma política impopular, mas é feita de forma clara que dessa forma transfere ao consumidor a decisão de comprar ou não uma passagem na Ryanair ou na concorrência.

Para quem acha que uma passagem de uma cia low cost é sempre mais barata, lembre-se então de somar todas as taxas adicionais cobradas pelas low cost em geral, além da franquia de bagagem e deslocamento para um aeroporto mais distante (se for o caso) na hora de comparar os preços e vantagens de comprar uma passagem em uma cia low cost. O que é bom para uns pode não ser para todos.

A primeira mala despachada passa a pagar, se pré-pagas na Internet, 6 libras ou 9 euros. Se a taxa for paga no aeroporto ou se você for despachar uma segunda ou terceira mala, paga-se 12 libras ou 18 euros pelas mesmas. Lembrando que a franquia é 15 kg somando todas as peças (cobra-se 10 euros por quilo extra). O check in sobe para 3 libras ou 4 euros se o mesmo tiver de ser realizado no aeroporto (“grátis” se realizado no site, mas nem todos podem realizá-lo dessa forma...).

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi Rodrigo,

Aproveito o post sobre a Ryanair prá te fazer uma pergunta sobre as low-cost do leste europeu: estou tentando encontrar uma low-cost que faça o trecho PRAGA-BUDAPESTE mas até então não consegui nas mais tradicionais (Ryanair, Skyeurope, Easyjet)- parece que a maioria delas não vai à Budapeste. Vc conhece alguma low-cost no leste europeu? São confiáveis? Alguma outra sugestão? Abraços, Bernardo

Guilherme Lopes disse...

Já que o assunto são as low-cost, dá uma olhada na promoção da Vueling, tem lá no Fugas.

; )

Anônimo disse...

Rodrigo, aproveito para outra pergunta: porque não consigo comprar open jaw pela TAM ou VARIG? Isso é possível em qq cia internacional...

Rodrigo Purisch disse...

Bernardo,

Fiz uma busca rápida no Skyscanner.net e realmente parece que só a TAP, a Malev e a Czech fazem a rota. A Wizz http://wizzair.com/ não atua nessa rota nem a Sky Europe http://www2.skyeurope.com/en/. Nunca voei nelas, cheguei a cotar uma passagem na Wizz, mas quanod fui comprar tinha subido de preço e fui de Trem de Praga para Paris.


Quanto ao Openjaw : O site das nossas cias são muito antiquados e parece não há interesse em melhorá-los. Você vai precisar de um agente ou de um consolidador para elaborar um desses nas passagens da TAM ou Varig. Já fiz muito open jaw e sempre valeu a pena.

Guilherme,

Promoção dessas no Brasil nem nos meus melhores sonhos.... Acho que só a BRA para fazer uma dessas e no meio da crise que ela passava...

Para quem não entendeu, vai o link da promoção:
http://fugaspublico.blogspot.com/2008/01/ryanair-oferta-de-voos-termina-quinta.html

rafael disse...

Rodrigo, a TAM está anuncaidno Rpmoção para esse fim de semana, se por acaso consegui entrar nos ite quem sabe alguém pode comprar alguma coisa por um-preço-nada-prmocional e arriscar-se nos aeroportos.

Rodrigo disse...

Olá pessoal,
Preciso de passagens de budapeste/Istambul, Istambul/Dubrovnik, alguém sabe que compania aérea faz estes trechos?

quinta-feira, janeiro 24, 2008

Ryanair: Novo Aumento nas Taxas Cobradas por Bagagem Despachada e Check In


A Ryanair, que não para de dar lucro, continua com sua política de aumento de preços das taxas cobradas pelas malas despachadas e pelo check in realizado no aeroporto. O interessante é que a cia aérea faz isso de forma clara ao consumidor e abertamente informa que os aumentos continuarão ocorrendo até que cerca de 50% dos passageiros passem a voar apenas com bagagem de mão e assim realizem apenas o check in on-line no site da cia aérea. Com isso, ela alega que poderá reduzir o custo de aluguel dos balcões nos aeroportos e de mão de obra para realização de check in e despacho de malas.

Pode até ser uma política impopular, mas é feita de forma clara que dessa forma transfere ao consumidor a decisão de comprar ou não uma passagem na Ryanair ou na concorrência.

Para quem acha que uma passagem de uma cia low cost é sempre mais barata, lembre-se então de somar todas as taxas adicionais cobradas pelas low cost em geral, além da franquia de bagagem e deslocamento para um aeroporto mais distante (se for o caso) na hora de comparar os preços e vantagens de comprar uma passagem em uma cia low cost. O que é bom para uns pode não ser para todos.

A primeira mala despachada passa a pagar, se pré-pagas na Internet, 6 libras ou 9 euros. Se a taxa for paga no aeroporto ou se você for despachar uma segunda ou terceira mala, paga-se 12 libras ou 18 euros pelas mesmas. Lembrando que a franquia é 15 kg somando todas as peças (cobra-se 10 euros por quilo extra). O check in sobe para 3 libras ou 4 euros se o mesmo tiver de ser realizado no aeroporto (“grátis” se realizado no site, mas nem todos podem realizá-lo dessa forma...).

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi Rodrigo,

Aproveito o post sobre a Ryanair prá te fazer uma pergunta sobre as low-cost do leste europeu: estou tentando encontrar uma low-cost que faça o trecho PRAGA-BUDAPESTE mas até então não consegui nas mais tradicionais (Ryanair, Skyeurope, Easyjet)- parece que a maioria delas não vai à Budapeste. Vc conhece alguma low-cost no leste europeu? São confiáveis? Alguma outra sugestão? Abraços, Bernardo

Guilherme Lopes disse...

Já que o assunto são as low-cost, dá uma olhada na promoção da Vueling, tem lá no Fugas.

; )

Anônimo disse...

Rodrigo, aproveito para outra pergunta: porque não consigo comprar open jaw pela TAM ou VARIG? Isso é possível em qq cia internacional...

Rodrigo Purisch disse...

Bernardo,

Fiz uma busca rápida no Skyscanner.net e realmente parece que só a TAP, a Malev e a Czech fazem a rota. A Wizz http://wizzair.com/ não atua nessa rota nem a Sky Europe http://www2.skyeurope.com/en/. Nunca voei nelas, cheguei a cotar uma passagem na Wizz, mas quanod fui comprar tinha subido de preço e fui de Trem de Praga para Paris.


Quanto ao Openjaw : O site das nossas cias são muito antiquados e parece não há interesse em melhorá-los. Você vai precisar de um agente ou de um consolidador para elaborar um desses nas passagens da TAM ou Varig. Já fiz muito open jaw e sempre valeu a pena.

Guilherme,

Promoção dessas no Brasil nem nos meus melhores sonhos.... Acho que só a BRA para fazer uma dessas e no meio da crise que ela passava...

Para quem não entendeu, vai o link da promoção:
http://fugaspublico.blogspot.com/2008/01/ryanair-oferta-de-voos-termina-quinta.html

rafael disse...

Rodrigo, a TAM está anuncaidno Rpmoção para esse fim de semana, se por acaso consegui entrar nos ite quem sabe alguém pode comprar alguma coisa por um-preço-nada-prmocional e arriscar-se nos aeroportos.

Rodrigo disse...

Olá pessoal,
Preciso de passagens de budapeste/Istambul, Istambul/Dubrovnik, alguém sabe que compania aérea faz estes trechos?

quinta-feira, janeiro 24, 2008

Ryanair: Novo Aumento nas Taxas Cobradas por Bagagem Despachada e Check In


A Ryanair, que não para de dar lucro, continua com sua política de aumento de preços das taxas cobradas pelas malas despachadas e pelo check in realizado no aeroporto. O interessante é que a cia aérea faz isso de forma clara ao consumidor e abertamente informa que os aumentos continuarão ocorrendo até que cerca de 50% dos passageiros passem a voar apenas com bagagem de mão e assim realizem apenas o check in on-line no site da cia aérea. Com isso, ela alega que poderá reduzir o custo de aluguel dos balcões nos aeroportos e de mão de obra para realização de check in e despacho de malas.

Pode até ser uma política impopular, mas é feita de forma clara que dessa forma transfere ao consumidor a decisão de comprar ou não uma passagem na Ryanair ou na concorrência.

Para quem acha que uma passagem de uma cia low cost é sempre mais barata, lembre-se então de somar todas as taxas adicionais cobradas pelas low cost em geral, além da franquia de bagagem e deslocamento para um aeroporto mais distante (se for o caso) na hora de comparar os preços e vantagens de comprar uma passagem em uma cia low cost. O que é bom para uns pode não ser para todos.

A primeira mala despachada passa a pagar, se pré-pagas na Internet, 6 libras ou 9 euros. Se a taxa for paga no aeroporto ou se você for despachar uma segunda ou terceira mala, paga-se 12 libras ou 18 euros pelas mesmas. Lembrando que a franquia é 15 kg somando todas as peças (cobra-se 10 euros por quilo extra). O check in sobe para 3 libras ou 4 euros se o mesmo tiver de ser realizado no aeroporto (“grátis” se realizado no site, mas nem todos podem realizá-lo dessa forma...).

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi Rodrigo,

Aproveito o post sobre a Ryanair prá te fazer uma pergunta sobre as low-cost do leste europeu: estou tentando encontrar uma low-cost que faça o trecho PRAGA-BUDAPESTE mas até então não consegui nas mais tradicionais (Ryanair, Skyeurope, Easyjet)- parece que a maioria delas não vai à Budapeste. Vc conhece alguma low-cost no leste europeu? São confiáveis? Alguma outra sugestão? Abraços, Bernardo

Guilherme Lopes disse...

Já que o assunto são as low-cost, dá uma olhada na promoção da Vueling, tem lá no Fugas.

; )

Anônimo disse...

Rodrigo, aproveito para outra pergunta: porque não consigo comprar open jaw pela TAM ou VARIG? Isso é possível em qq cia internacional...

Rodrigo Purisch disse...

Bernardo,

Fiz uma busca rápida no Skyscanner.net e realmente parece que só a TAP, a Malev e a Czech fazem a rota. A Wizz http://wizzair.com/ não atua nessa rota nem a Sky Europe http://www2.skyeurope.com/en/. Nunca voei nelas, cheguei a cotar uma passagem na Wizz, mas quanod fui comprar tinha subido de preço e fui de Trem de Praga para Paris.


Quanto ao Openjaw : O site das nossas cias são muito antiquados e parece não há interesse em melhorá-los. Você vai precisar de um agente ou de um consolidador para elaborar um desses nas passagens da TAM ou Varig. Já fiz muito open jaw e sempre valeu a pena.

Guilherme,

Promoção dessas no Brasil nem nos meus melhores sonhos.... Acho que só a BRA para fazer uma dessas e no meio da crise que ela passava...

Para quem não entendeu, vai o link da promoção:
http://fugaspublico.blogspot.com/2008/01/ryanair-oferta-de-voos-termina-quinta.html

rafael disse...

Rodrigo, a TAM está anuncaidno Rpmoção para esse fim de semana, se por acaso consegui entrar nos ite quem sabe alguém pode comprar alguma coisa por um-preço-nada-prmocional e arriscar-se nos aeroportos.

Rodrigo disse...

Olá pessoal,
Preciso de passagens de budapeste/Istambul, Istambul/Dubrovnik, alguém sabe que compania aérea faz estes trechos?